Como deixar o tabaco

Como deixar o tabaco

Deixar o tabaco pode revelar-se um verdadeiro desafio para aqueles que apresentam um grau muito avançado de dependência. Ainda que a esmagadora maioria dos fumadores pondere a possibilidade de deixar definitivamente fumar, a verdade é que apenas uma pequena percentagem consegue atingir essa meta com sucesso e vencer eficazmente o vicio do tabagismo. Ainda que lutar contra este vicio possa revelar-se uma tarefa extremamente complexa, existem algumas medidas que, quando devidamente adoptadas, podem tornar esta meta muito mais alcançável.

Defina metas

Se quer realmente deixar o tabaco é importante, antes de mais, definir metas. Determine um dia específico para deixar definitivamente o tabaco e crie um conjunto de regras que deverá fazer todos os possíveis para seguir. Se necessário, aponte todas essas regras num papel e coloque-as num sitio bem visível, para que nunca se esqueça dos objectivos delineados por si mesmo. Está provado que isto contribui para taxas de sucesso consideravelmente mais elevadas.

Entretenha-se com algo estimulante

Sendo que os fumadores estão habituados a ter frequentemente as mãos ocupadas com um cigarro, ao colocar o tabaco de parte experienciará alguma dificuldade em adaptar-se a passar a maior parte do tempo com as mãos desocupadas. Para que possa ultrapassar isto mais facilmente, é importante que encontre algo com que se entreter nas suas horas vagas. O ideal será uma actividade que mantenha as suas mãos ocupadas, seja ler, jogar videojogos, cozinhar ou praticar desporto. A boca também deverá manter-se ocupada, e para isso recomenda-se a utilização frequente de chicletes sem açúcar.

Siga uma alimentação equilibrada

Está provado que, seguir uma alimentação equilibrada, poderá ajudá-lo a ultrapassar com muito mais facilidade toda esta fase. Uma alimentação leve e equilibrada, rica em vitaminas e hidratos de carbono complexos poderá, de facto, ajudar a desintoxicar o organismo e a fazê-lo sentir-se melhor consigo mesmo, facilitando assim imenso todo o processo de abstinência. Se necessário, procure um nutricionista, para que possa ser devidamente orientado durante esta fase.

Mantenha-se o mais activo possível

Durante esta fase o sedentarismo poderá revelar-se um poderoso inimigo, pelo que, é importante que assuma um estilo de vida o mais dinâmico possível. Idealmente, deverá dedicar-se à prática regular de actividade física. Três ou quatro horas semanais de actividade física já serão o suficiente para que usufrua de sérios benefícios para o seu bem-estar físico e mental. Exercitar-se, não só ajudará a manter o seu corpo e mente ocupados, como também a eliminar do seu organismo todas as toxinas do tabaco. Ao exercer um efeito extremamente relaxante, o exercício ajudará também a combater a ansiedade resultante da abstinência de nicotina.  Adicionalmente, o exercício físico também ajudará a controlar eficazmente o seu peso. Isto é particularmente importante porque, ao deixar de fumar, existe uma forte probabilidade de vir a ganhar algum peso, pelo que, é importante prestar especial atenção à sua linha durante esta fase.

Dedique tempo àqueles de quem gosta

Durante esta fase, o apoio de família e amigos poderá revelar-se verdadeiramente crucial. Passar tempo com aqueles que são importantes para si revelar-se-á uma excelente forma de se manter entretido, bem como motivado para levar em frente a decisão de deixar definitivamente de fumar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*